Munícipe

Remodelação da praça do peixe inaugurada no dia da liberdade

25Abril 1319

Em dia de comemorações do 41.º aniversário do 25 de abril, em Torres Novas foi inaugurada a remodelação da Praça do Peixe, cerimónia abrilhantada pelo Choral Phydellius. Foi naquele espaço polivalente, pronto a acolher iniciativas de carácter cultural e de lazer, que tiveram lugar os discursos políticos alusivos à efeméride e, no final, houve um baile popular com porco no espeto. À noite, no Teatro Virgínia foi apresentado um espectáculo de tributo a José Ary dos Santos, por Joaquim Lourenço, com entrada livre.

Houve muito público que fez questão em participar nas atividades pensadas pelo município de Torres Novas para assinalar este importante dia histórico. O dia começou pelas 9h30 com uma arruada pela Banda do Centro Recreativo e Musical de Outeiro Grande pelas ruas da cidade. Às 14h houve outra arruada, desta vez pela banda da Sociedade Filarmónica Euterpe Meiaviense, que culminou na praça 5 de outubro, onde foi hasteada a bandeira de Portugal ao som do hino nacional.

 

Pouco depois das 15h teve lugar a inauguração do edifício da Praça do Peixe após as obras de requalificação, com a presença da presidente da CCDRC – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Ana Maria Pereira Abrunhosa e com a participação do Choral Phydellius. Uma exposição de fotos antigas daquele espaço esteve patente durante o evento e os presentes puderam escutar alguns "pregões" de antigamente.

 

De seguida, ali decorreu a sessão solene comemorativa do 25 de abril, com a intervenção de todas as forças políticas representadas na Assembleia Municipal. Ouviram-se os discursos de Miguel Bento, pelo CDS; Tânia Prezado, pelo BE; Filipa Rodrigues, pela CDU; Silvia Pombo, pelo PSD e Sónia Sousa, pelo PS. A luta pela democracia e as conquistas de abril foram a tónica dominante.

 

José Trincão Marques representou a Assembleia Municipal num breve discurso alusivo à efeméride. E o presidente da Câmara, Pedro Ferreira encerrou as hostes sublinhando as vicissitudes dos dias que correm que colocam em risco algumas das conquistas de abril, terminou com uma palavra de esperança no futuro, acreditando que os jovens de hoje irão contribuir para que o povo português possa ter mais orgulho na sua história... "com o espírito do 25 de Abril no nosso íntimo para que a esperança renasça e possamos convictamente dizer VALEU A PENA".

 

Entre as 16h30 e as 19h houve baile popular na Praça do Peixe, animado pelo grupo DOT, com distribuição gratuita de sandes de porco no espeto e venda de bebidas.

 

À noite,  o Teatro Virgínia acolheu o concerto Ary, O Poeta das Canções, um tributo a José Carlos Ary dos Santos interpretado por Joaquim Lourenço, com entrada gratuita para os interessados.

25Abril 133825Abril 1391

 25Abril 148425Abril 1454

 

 

 

| Agenda

| Notícias

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio.Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies