Munícipe

Criação da Mata Autóctone de Cardilium na antiga lixeira

No próximo dia 12 de dezembro, pelas 14h30, será apresentada a Mata Autóctone de Cardilium, um projeto de requalificação ambiental da antiga lixeira e aterro municipal numa mata autóctone, onde serão plantados vários sobreiros, sendo a iniciativa aberta a todos que queiram participar na atividade.

 

O projeto, que tem como entidades parceiras a Resitejo e o Instituto Politécnico de Tomar, atingirá no próximo ano a plantação de perto de quatro centenas de espécies autóctones, nomeadamente sobreiros e medronheiros, numa reconversão ambiental impactante com cerca de dois hectares de extensão.

 

De futuro, pretende-se acolher vários programas de monitorização de espécies e de educação ambiental.


O Município de Torres Novas associou-se, deste modo, às comemorações do Dia da Floresta Autóctone, que se celebra a 23 de novembro, para promover a importância da plantação de árvores para a biodiversidade, produção de oxigénio, proteção do solo, com uma especial atenção para as florestas naturais.


Foram disponibilizadas seis azinheiras, oito sobreiros, três aroeiras e dezoito medronheiros aos estabelecimentos de educação e ensino do concelho, para serem plantados em espaços selecionados, tendo aderido à iniciativa os Centros Escolares Visconde S. Gião, de Assentis e Chancelaria, de Olaia e Paço, da Serra de Aire e da Meia Via e, ainda, o Jardim de Infância de Resgais, a Escola Secundária de Maria Lamas, a Escola Básica e Secundária de Artur Gonçalves, a Escola Básica Dr. António Chora Barroso, a Escola Básica de Manuel de Figueiredo, o Colégio Andrade Corvo, o Centro de Bem Estar Social da Zona Alta, a Academia Júnior, o Jardim Escola João de Deus e o Centro de Reabilitação e Integração Torrejano.

 

Aquando da plantação a ser feita na EB Chora Barroso, no próximo dia 9 de dezembro, pelas 15h00, irá ser hasteada no local a Bandeira Verde, que foi recebida em Guimarães, pelo trabalho desenvolvido no ano passado, no âmbito do programa Eco-Escolas.


Enquadrada nesta temática, teve também lugar na manhã do dia 2 de dezembro, na Escola Manuel Figueiredo, uma palestra junto da turma do 7° ano com o objetivo de evidenciar a importância ambiental, social e económica das espécies, florestas, matas e bosques autóctones.

 

FlorestaCardilium1FlorestaCardilium2PalestraEscolaManuelFigueiredoPlantacaoSobreiros1PlantacaoSobreiros2

 

 

 

 

 

| Agenda

| Notícias

sabia que

Estão abertas as inscrições para a Corrida de São Silvestre de Torres Novas, que se realiza a 28 de dezembro?

 

Saiba mais [+]

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio.Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies