Munícipe

Anuário Financeiro 2018: Torres Novas é o 1.º do Médio Tejo

AnuarioFianceiro2018

De acordo com o Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses 2018, Torres Novas ocupa o 49.º lugar a nível nacional e o 1.º do Médio Tejo dos municípios com maiores resultados económicos. Segundo o mesmo estudo, Torres Novas é também o município do Médio Tejo com maior diminuição do passivo exigível e o 41.º a nível nacional.

 

No que se refere aos municípios com maior diferença «positiva» entre o saldo de investimentos financeiros e o saldo de ativos financeiros, Torres Novas ocupa o 21.º lugar geral, sendo o segundo ao nível do Médio Tejo (apenas superado por Alcanena). Torres Novas está também nos 50 primeiros municípios com maior diferença «positiva» entre amortizações de empréstimos e novos empréstimos, estando na 31.ª posição.

 

O Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses 2018 foi apresentado, no dia 30 de outubro de 2019, no decorrer do debate «Desafios e consequências da descentralização para o governo local».

 

Trata-se de uma publicação da responsabilidade do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade do IPCA e do Centro de Investigação em Ciência Política da Universidade do Minho, coordenado pela professora Maria José Fernandes. O estudo, que já vai na sua 15ª edição, é uma referência na monitorização da eficiência do uso dos recursos públicos na administração local.

 

O documento pode ser consultado na íntegra em https://www.occ.pt/pt/noticias/apresentado-anuario-financeiro-dos-municipios-portugueses-2018/

| Agenda

| Notícias

sabia que

Estão abertas as inscrições para a Corrida de São Silvestre de Torres Novas, que se realiza a 28 de dezembro?

 

Saiba mais [+]

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio.Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies