Munícipe

Limpeza de reservatórios de água obriga a constrangimentos

As intervenções de limpeza e higienização de reservatórios agendadas para o concelho de Torres Novas vão causar constrangimentos e cortes de água pontuais nos dias 18 e 19 de fevereiro nas freguesias de Meia Via, Olaia e Paço e Chancelaria.


Devido aos trabalhos no reservatório de Meia Via, estão previstos cortes no abastecimento de água no dia 18 de fevereiro, segunda-feira, no período das 21h00 às 24h00 nos seguintes locais: Meia Via, Charneca da Meia Via, Botequim e Casal do Pote.

 

No dia seguinte, 19 de fevereiro, terça-feira, é a vez do reservatório que abastece Pé de Cão e Soudos, pelo que se preveem constrangimentos e eventuais falhas no abastecimento de água, no período das 17h00 às 20h00, nas localidades de Pé de Cão e Soudos.

 

E, da parte da tarde, no período das 15h00 às 17h00, os trabalhos decorrerão no reservatório de Chancelaria, prevendo-se constrangimentos e eventuais falhas no abastecimento de água, nos seguintes locais: Chancelaria, Pafarrão, Mata, Maçaroca e Rendufas.


A Águas do Ribatejo alerta que não é aconselhável o consumo e a utilização da água imediatamente após a reposição do abastecimento. Se necessitar de qualquer esclarecimento, deve contactar os serviços da empresa pelo tel.: 263 509 400 (dias úteis das 09h00 às 18h00) ou número verde e gratuito 800 20 20 40 (dias úteis entre as 18h00 e as 09h00 e sábados, domingos e feriados).


No âmbito do plano de limpeza, higienização e inspeção de 117 reservatórios de abastecimento de água que a Águas do Ribatejo está a levar a efeito nos sete concelhos onde assegura a captação, tratamento e distribuição de água em baixa.


A operação inclui 159 células de armazenamento de água nos concelhos de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Salvaterra de Magos e Torres Novas.


O plano de intervenções vai prolongar-se até final de fevereiro com intervenções diárias ao longo de dois meses, sendo que, na próxima semana, a intervenção ocorre no concelho de Torres Novas.


A existência de sistemas alternativos permite garantir o abastecimento durante a maioria das intervenções. Todavia, prevêem-se ligeiros impactos no serviço de abastecimento.


Os trabalhos, que exigem um elevado esforço financeiro por parte da empresa, visam manter a qualidade e segurança do abastecimento de água.


Neste momento a AR apresenta uma taxa de cerca de 100% de cumprimento dos valores paramétricos analisados por laboratório certificado num universo de cerca de 10 mil análises anuais. Os boletins de análise são auditados pela Entidade Reguladora que classificou a água da AR como de "Boa Qualidade" e atribuiu o selo de água de qualidade exemplar para consumo humano.


A AR apela à compreensão dos clientes e consumidores, certa da importância da exigência destas operações para continuar a garantir um abastecimento seguro e de qualidade.

 

| Agenda

| Notícias

sabia que

Se efetuar uma reserva de duas ou mais noites na região do Médio Tejo pode usufruir de ofertas e descontos?

 

Saiba mais [+]

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio.Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies