x

Munícipe

«Agricultor do ano» distinguido pela Agromais é torrejano

O 14.º Encontro de Agricultores da Agromais reuniu, em convívio, mais de 300 agricultores na Golegã, no passado dia 3 de março, e constituiu, à semelhança de anteriores edições, um fórum de trabalho em que são prestados esclarecimentos técnicos, é feito um  balanço do ano anterior e antecipam-se previsões para a campanha que se segue, divulgando-se simultaneamente as mais recentes novidades do setor.

O prémio "Agricultor do Ano", relativo a 2015, que reconhece a capacidade empreendedora, o espírito inovador e a dedicação à atividade, foi atribuído ao agricultor José Luís Inverno, de Riachos, que se destacou sobretudo pela cultura de tomate, onde conseguiu uma produtividade superior a 105 toneladas por hectare.

 O galardão - uma estátua em bronze composta por dois bois e um campino – foi recebido das mãos dos presidentes das câmaras de Torres Novas e Golegã, Pedro Ferreira e Rui Medinas, do presidente da Agromais, Luís Vasconcellos e Souza e de Elisete Jardim, diretora regional da agricultura de Lisboa e Vale do Tejo.

 

AgricultorAnoAgromais 2

«Autarquia Familiarmente Responsável» há 13 anos

Pelo 13.º ano consecutivo, e desde o início da atribuição deste galardão, o Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis distinguiu o Município de Torres Novas com a bandeira verde que atesta as melhores práticas em matéria de responsabilidade familiar.

Continuar... «Autarquia Familiarmente Responsável» há 13 anos

«Beneficiação de arruamentos e sinalização na ZI de Torres Novas»

Na reunião camarária de 19 de abril foram aprovados o projeto de execução e as peças de procedimento para concurso publico da empreitada «Beneficiação de Arruamentos e Sinalização na Zona Industrial de Torres Novas (Fases I e II)» com o orçamento de 299 622,95 euros, acrescido de IVA, e prazo de execução de 120 dias.

Continuar... «Beneficiação de arruamentos e sinalização na ZI de Torres Novas»

«Escola Plena» - mindfulness e inteligência emocional

EscolaPlena

A “Escola Plena” é um projeto do Município de Torres Novas, em colaboração com os agrupamentos de escolas Gil Paes e Artur Gonçalves, que conta, igualmente, com a parceria da Psitorres, Heart Project e do Instituto de Saúde Ambiental da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, e que tem como objetivo desenvolver a prática de mindfulness e de inteligência emocional junto da comunidade escolar (alunos, docentes e não docentes). Trata-se de um projeto que integra a 2.º fase da candidatura PEDIME (Plano Estratégico de Desenvolvimento Intermunicipal do Médio Tejo), inserido numa das medida municipais apresentadas pelo Município. O principal foco do projeto centra-se na diminuição dos níveis de stress e de ansiedade na comunidade escolar, contribuindo, consequentemente, para a redução do insucesso e a promoção de melhores resultados escolares.

 

Ainda neste ano letivo, o projeto vai arrancar numa versão piloto, nos dois agrupamentos, estando prevista a participação de 32 alunos do ensino secundário, de 36 docentes e 36 trabalhadores do pessoal não docente. As sessões de divulgação do projeto decorrem nos próximos dias 6/04 (para alunos) e 8/04 (para docentes e não docentes), através da plataforma zoom. A participação nos cursos de mindfulness carece de inscrição prévia, que pode ser feita através de formulário disponibilizado pelas escolas ou solicitado para o seguinte endereço: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .  

 

Com a aplicação de uma intervenção baseada em Mindfulness a toda a população representada em contexto escolar (professores e educadores, profissionais não docentes e alunos), pretende-se aumentar a probabilidade de estabelecimento de um ambiente saudável e menos potenciador de stress a todo o sistema.  

 

Mais informações disponíveis em https://m.facebook.com/Escola-Plena-100290805468191/

«Operação Almonda» analisa situação das ações de fiscalização

 

Decorreu a 29 de outubro, na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, pelas 15 horas, uma reunião para análise do ponto de situação da «Operação Almonda» que promove a fiscalização à poluição no rio.

 

Continuar... «Operação Almonda» analisa situação das ações de fiscalização

«Operação Almonda» promove fiscalização à poluição no rio

almonda m

O município de Torres Novas, juntamente com a APA (Agência Portuguesa do Ambiente), o ICNF (Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas), a ARH Tejo (Administração da Região Hidrográfica do Tejo), PSP e GNR/SEPNA (Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente) iniciaram no dia 20 de Julho, uma série de ações de inspeção ao Rio Almonda que visam identificar as fontes de poluição que tanto têm degradado a qualidade do rio.

Continuar... «Operação Almonda» promove fiscalização à poluição no rio

| Agenda

| Notícias

sabia que

 

Com o seu cartão de leitor da Biblioteca tem acesso gratuito a mais de 7000 jornais e revistas no PressReader?

 

Saiba mais [+]

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio.Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização. Politica de privacidade. .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies