Unidade de Saúde: aberto concurso para a requalificação

  • Imprimir

Está aberto o procedimento para a empreitada de «Requalificação da Unidade de Saúde de Torres Novas» que prevê a remodelação das atuais instalações do edifício do Centro de Saúde.

 
Constituídas por dois edifícios, sendo um o centro de saúde propriamente dito e outro adjacente utilizado para garagem e apoio, construídos já há algumas décadas e que apresentam algumas patologias por solucionar.
 
No edifício principal existem quatro serviços diferentes, a Unidade de Saúde Familiar Almonda (UCF), a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP), a Unidade de Recursos Assistenciais Partilhados (URAP) e a Unidade de Cuidados Continuados (UCC).
 
O objetivo é dar resposta às reais necessidades da população utente do equipamento (num universo de 9.066 inscritos no ACES Médio Tejo/UCSP de Torres Novas, segundo dados do RNU-Registo Nacional de Utentes), melhorando as condições de conforto, higiene e segurança, indo ao encontro de duas premissas fundamentais: alteração da compartimentação e melhoria das redes técnicas e sistemas de segurança e conforto que procurem responder às exigências legais atuais, nas suas variadas áreas de especialidade.Neste sentido, a área de intervenção com maior enfâse será o interior do edifício principal. Ao nível exterior será aplicado um sistema de reboco projetado a fim de reduzir as pontes térmicas existentes e proporcionar melhor eficiência energética.
 
Os projetos de execução das diversas especialidades foram elaborados e coordenados pelo gabinete INOVARCUS - Arquitetura e Engenharia, Lda., tendo o programa do procedimento e o caderno de encargos sido elaborados pelos serviços municipais.
 
O orçamento para a empreitada totaliza 605.993,40 euros, acrescido de IVA à taxa legal em vigor, e com um prazo de execução de 360 dias.
 
A intervenção será cofinanciada por fundos comunitários no montante FEDER de 546 mil euros, no âmbito da candidatura «Requalificação da Unidade de Saúde de Torres Novas» aprovada pelo CENTRO 2020.
 
O montante remanescente será suportado pelo Município de Torres Novas e pela ARS LVT através de contrato-programa já celebrado.

 

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio.Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies