Reconstrução de edifícios para habitação no centro histórico

  • Imprimir

Na reunião camarária de 19 de fevereiro foram aprovados os projetos de execução para construção de edifícios de habitação na rua Cândido dos Reis n.º 53 e travessa dos Albardeiros nºs 29 e 31, em Torres Novas, propriedade do município e a destinar futuramente a habitação com rendas acessíveis, no âmbito da reabilitação urbana e valorização do centro histórico da cidade.

 

Ambos os imóveis têm três pisos (r/c, 1.º e 2º andares, tipologia T2) e integram-se na ARU Torres Novas – centro histórico. 

 

Na mesma reunião, foi aprovada uma moção do BE relativa à aplicação do Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART) nos transportes públicos.
 
Com vista a apoiar o funcionamento do Museu Agrícola de Riachos, foi aceite um pedido de pagamento de apoios apresentado pela Associação para a Defesa do Património de Riachos (APDPR), reconhecendo o município o direito à associação de beneficiar de subsídio institucional anual, no montante de 673,62 euros mensais (totalizando 8.083,44 euros/ano), conforme oportunamente estabelecido em protocolo, retomando os pagamentos entretanto suspensos com base em medidas de contenção financeira, superiormente determinadas por força de imposições legais (nomeadamente a Lei dos Compromissos e Pagamentos em Atraso das Entidades Públicas).
 
Foi ainda aprovado o caderno de encargos e a abertura de procedimento concursal para a prestação de serviços de transporte de passageiros em automóveis pesados de passageiros - Transportes Urbanos Torrejanos (TUT) - com um preço base de 183.500,00 euros + IVA e com um prazo de execução de 12 meses. Este concurso foi preparado no âmbito do novo enquadramento legal, designadamente o Regime Jurídico de Serviço Público de Transporte Passageiros (Lei n.º 52/2015, de 9 de junho), que introduz alterações estruturais no modelo de planeamento de redes de transportes público.
 
Por fim, foi atribuído um subsídio pontual de 3.000 euros ao Cineclube de Torres Novas, com o objetivo de apoiar as sessões regulares de cinema independente a promover no auditório da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, quinzenalmente, às sextas-feiras à noite.
 

 

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio.Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies