Munícipe

Apresentação de livros de Hugo Santos, sábado, na BMGPL

RT349 lancamentoLivro HugoSantos cartaz

O escritor Hugo Santos irá apresentar dois dos seus livros no próximo sábado, dia 22 de novembro, pelas 16 horas, no auditório da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes. O romance O Caçador de Olhos Abertos será apresentado por Fernando Dacosta e o livro de poesia A arte das nostalgias será apresentado por Eduardo Bento.

 

Sobre O Caçador de Olhos Abertos, Fernando Dacosta escreveu: «Um dos melhores estilistas da atual literatura portuguesa, Hugo Santos, grande romancista e poeta, apresenta-nos agora “O Caçador de Olhos Abertos”, fascinante narrativa enraizada no Alentejo, de onde ele é natural. Transfigurada pela magia da escrita, a obra - que Urbano Tavares Rodrigues, ao lê-la em pré-publicação, apelidou de genial – dilata o tempo e o espaço, os sentimentos e as pulsões dos que a habitam (personagens) e dos que a comungam (leitores) como poucas o conseguem na nossa melhor ficção. Com invulgar maestria, Hugo Santos viaja num imaginário de envolventes melancolias, como noutros notáveis romances seus, sempre ancorado em (in)contida ternura pela terra e pela gente, e pela fosforescência a que pertence – que acrescenta, acrescentando-se, acrescentando-nos.»

 

Hugo Santos nasceu em Campo Maior e toda a sua obra nos fala da vasta e silenciosa beleza do Alentejo raiano. Poeta, romancista e contista, tem mais de quarenta livros publicados e foi distinguido com múltiplos prémios literários dos quais são de destacar, na poesia, Corpo Atlântico, Prémio Antero de Quental, Decálogos do Bom Amor, Prémio Cesário Verde, e na prosa, os romances A Mulher de Neruda e As Mulheres que Amaram Juan Tenório que lhe valeram, respetivamente, o Grande Prémio de Albufeira e o Prémio Miguel Torga. O muito contacto que teve com crianças (exerceu as funções de professor até há bem pouco tempo) e a imensa ternura que sempre lhes devotou, levou-o também a escrever um belíssimo livro para elas, já incluído no Plano Nacional de Leitura, intitulado Eu, a Casa, os Bichos e Outras Coisas (Vega, 2008).

Apresentação dos programas Aldeia Segura e Pessoas Seguras

No dia 11 de junho, na Junta de Freguesia de Pedrógão, o Município de Torres Novas, através do Serviço Municipal de Proteção Civil, promoveu a apresentação dos programas nacionais “Aldeia Segura” e “Pessoas Seguras”, que foi conduzida por Mário Silvestre, Comandante Distrital da Proteção Civil, e na qual participaram o presidente da Câmara, Pedro Ferreira, o vereador Carlos Ramos, os membros do Gabinete Municipal de Proteção Civil, elementos dos bombeiros voluntários torrejanos, da GNR e da PSP e os presidentes das juntas de freguesia do concelho ou os seus representantes.

Continuar... Apresentação dos programas Aldeia Segura e Pessoas Seguras

Apresentação Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano

CartazPEDU

A Câmara Municipal de Torres Novas promove no próximo dia 26 de janeiro, pelas 18 horas, uma Sessão Pública de Apresentação do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU). A sessão terá lugar no Auditório da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes.

Continuar... Apresentação Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano

Apresentação pública do projeto URBnovas

ApresentacaoURBnovas 151701 0024

Decorreu na tarde de sábado, dia 17 de janeiro, no auditório da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, a sessão pública de apresentação do URBnovas - projeto de reabilitação urbana de Torres Novas. A abertura da sessão esteve a cargo do presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira, que destacou o centro histórico como «local de memórias, história do nosso povo, afinal história de cada um de nós, que merece ser preservado e subtilmente intervencionado».

 

Continuar... Apresentação pública do projeto URBnovas

Apresentada candidatura às 7 Maravilhas à Mesa

mesa geral 800x534

O Município de Torres Novas candidatou sete patrimónios às 7 Maravilhas à Mesa®, em três das quatro categorias a concurso: Gastronomia, Vinhos, Azeites e Roteiros Turísticos.

Continuar... Apresentada candidatura às 7 Maravilhas à Mesa

Apresentada nova agenda do Teatro Virgínia: janeiro a março

TV JanMar2016

A nova agenda do Teatro Virgínia, com a programação de janeiro a março de 2016, foi apresentada no passado sábado, dia 12 de dezembro.

 

Destacam-se na música Camané, com o mais recente álbum Infinito Presente a 23 de janeiro, e Rodrigo Leão a apresentar O Retiro a 6 de fevereiro. Mário Daniel, autor, apresentador e mágico do «Minutos Mágicos» da SIC trará o espetáculo de ilusionismo Fora do Baralho a 30 de janeiro e na dança a Companhia Paulo Ribeiro apresenta A Festa (da Insignificância) a 5 de março. No teatro, Misterman, de Elmano Sancho, a 20 de fevereiro e Hamlet Talvez, a partir do texto de William Shakespeare, a 19 de março, no âmbito da comemoração do Dia Mundial do Teatro.

 

Dando especial atenção às parcerias locais, a abertura desta nova temporada estará a cargo da Sociedade Velha Filarmónica Riachense (9 de janeiro) e, no fim de semana seguinte, no dia 16, Vera Montero traz-nos o espetáculo Dança para Músicos, em colaboração com a Sociedade Filarmónica Euterpe Meiaviense.

 

Para os mais novos estão agendadas um conjunto de atividades como o teatro Amarelo, de Catarina Requeijo, dos 3 aos 6 anos (12 e 13 de fevereiro), E Se Tudo Fosse Amarelo, de Sílvia Real, dos 6 aos 10 anos (26 e 27 de fevereiro) e Universos Paralelos, da companhia Mala Voadora, para alunos do 3.º ciclo e secundário, nos dias 11 e 12 de março. A propósito do Dia de São Valentim, e falando de (des)amor, haverá a projeto teatral e expositivo sobre relações acabadas Broken Parts.

 

No âmbito do Lab Criativo haverá ainda lugar para diversas atividades e oficinas, como um atelier de escrita criativa em parceria com a Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes ou oficinas de dança, improvisação vocal e instrumental, Um Artista na Escola ou o Ensaio Aberto.

 

Os bilhetes estarão à venda a partir de amanhã, terça-feira, dia 15 de dezembro, na bilheteira do Teatro Virgínia (terça a sexta das 13h às 19h e sábado das 15h às 19h) ou na Bilheteira Online (www.bol.pt)

 

Para informação mais detalhada consulte a agenda do Teatro Virgínia em: http://www.teatrovirginia.com/fotos/noticias/tv_janmar2016_low_1450093496.pdf

Apresentado livro «É perigoso sintetizar a Idade Média»

LancamentoLivroIdadeMedia 050216 0008

Foi lançado no dia 5 de fevereiro, na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, o livro «É perigoso sintetizar a Idade Média», da autoria de Maria Isabel Morán Cabanas e de José Eduardo Franco. A obra, que tem por base os trabalhos do padre torrejano Mário Martins, foi apresentada por Guilherme d’Oliveira Martins, professor catedrático, antigo presidente do Tribunal de Contas e atual membro do Conselho de Administração da Fundação Gulbenkian.

Continuar... Apresentado livro «É perigoso sintetizar a Idade Média»

Apresentado Orçamento Participativo 2016

ConfImprensaOrcamentoParticipativo 010615 0007

Pela primeira vez, o Município de Torres Novas vai desenvolver as diferentes fases de um Orçamento Participativo, com vista à inclusão no orçamento municipal para 2016. A apresentação foi feita ontem à tarde, em conferência de imprensa, pelo presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira.

Continuar... Apresentado Orçamento Participativo 2016

Apresentado projeto de recuperação da Maria Lamas

IMG 1621 1024x683

A Escola Secundária Maria Lamas vai sofrer intervenções no valor de quase 1700 000 euros, ao abrigo do Programa Operacional Regional do Centro – CENTRO 2020 (Portugal 2020) do FEDER – Fundo Europeu para o Desenvolvimento Regional.

Continuar... Apresentado projeto de recuperação da Maria Lamas

Aprovada a Prestação de Contas e o Relatório de Gestão de 2015

Na reunião extraordinária pública de Câmara de 19 de abril foram aprovados os documentos relativos à Prestação de Contas e Relatório de Gestão do exercício de 2015, com os votos favoráveis do PS, abstenção do PSD e votos contra da CDU e do BE.

Continuar... Aprovada a Prestação de Contas e o Relatório de Gestão de 2015

Aprovada a Prestação de Contas e o Relatório de Gestão de 2016

Na reunião ordinária pública de Câmara de 11 de abril foram aprovados os documentos relativos à Prestação de Contas e Relatório de Gestão do exercício de 2016, com os votos favoráveis do PS, abstenção do PSD e votos contra da CDU e do BE.
De realçar a obtenção de um resultado líquido do exercício positivo de 2.154.456 euros e um saldo de gerência a transitar de 2016 de 3.375.403,84 euros, atingindo-se pela primeira vez o patamar de independência financeira (52,32%). No controlo orçamental da despesa o grau de execução foi de 82% e na receita de 93,735%. O plano plurianual de investimentos (PPI) teve um nível de execução de 72,26% correspondente a 4.778.449,93 euros, e as atividades mais relevantes atingiram 78,40% de execução, totalizando 3.910.441,50 euros. A redução da dívida total foi de 18,33%, cifrando-se agora nos 19.749.762 euros, mantendo-se a tendência descendente dos últimos anos. O exercício de 2016 foi encerrado sem pagamentos em atraso e com um prazo médio de pagamento de 4 dias (menos 7 que em 2015).
Foram também aprovados por maioria (6 votos), com a abstenção da CDU, a proposta de aplicação do resultado líquido do exercício de 2016 em resultados transitados e o inventário de bens, direitos e obrigações patrimoniais do município e respetiva avaliação. A Câmara tomou ainda conhecimento do balanço social referente ao ano em apreço.

 

| Agenda

| Notícias

sabia que

 

Dispõe de um serviço gratuito de recolha de monstros/verdes, bastando efetuar marcação através do número verde 800 916 456?

 

Saiba mais [+]

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio.Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies