Munícipe

Plano de Prevenção de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas

Em cumprimento da Recomendação nº 1/2009 do Conselho de Prevenção da Corrupção, publicada na 2ª Série do Diário da República, nº 140, de 22 de Julho de 2009, o Município de Torres Novas apresenta o seu Plano de Gestão de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas.

 

Capa PrevencaoRiscosInfracoesConexasO Plano assenta em duas vertentes estruturantes: risco e medidas preventivas. O ponto de partida é a identificação das áreas mais susceptíveis ao risco, entendido como a possibilidade eventual de determinado evento irregular poder ocorrer.


Para cada uma das áreas, são identificados os riscos de corrupção e infracções conexas, sendo os mesmos graduados em função da probabilidade da sua ocorrência e da gravidade das suas consequências (Elevado, Moderado, Fraco). Trata-se de uma definição de riscos em abstracto, isto é, podem ou não ocorrer na organização e, por isso, devem ser equacionados.


Por tal facto, a sua previsão conceptual não significa, em consequência, que os mesmos se verifiquem na prática. Nestes casos, o risco é qualificado como “Fraco”. Identificados os riscos, são concretizadas as medidas que permitam a sua prevenção/controlo e identificados os responsáveis pela sua implementação.

 

 

+Informação

file documentPlano de Prevenção de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas

file documentRelatório anual de execução e proposta de atualização - Deliberação de 28 de abril

 

 

 

 

 

 

 

 

| Agenda

| Notícias

sabia que

 

O município de Torres Novas dispõe de um serviço gratuito de informações e de alertas via SMS?

Saiba mais [+]

Os cookies ajudam ao correto funcionamento deste sítio.Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a sua utilização. Politica de privacidade .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies